Grupo RL

Notícias na General Osório

Listando: 1 à 5 de 1237
VÍDEO: HARLEY-DAVIDSON LOW RIDER S NO DINAMÔMETRO; COMO ELA SE SAIU?

MOTO.com.br leva modelo da família softail para o dinamômetro e mostra

A Low Rider S é uma das novidades da Harley-Davidson do Brasil na linha 2020. O modelo, apresentado pela primeira vez no Brasil durante o Festival Duas Rodas de 2019, integra a família Softail e traz um visual agressivo, com destaque para a suspensão dianteira de garfo invertido e o motor Milwaukee-Eight 114, o mais forte oferecido dentro da família.

Como de costume nos modelos da fabricante, não há a divulgação dos números de potência, apenas dos valores de torque máximo - no caso, 15,8 kgf.m a 3 mil giros.

O MOTO.com.br resolveu, então, tirar a prova e levou a Low Rider S para a Gumps Garage, oficina especializada em motos da Harley-Davidson, para colocar a moto da família Softail no dinamômetro e obter os números de potência e torque na roda.

Quer saber o quanto o Milwaukee-Eight 114 entrega de torque e potência de fato, além da velocidade máxima da Low Rider S? Descubra tudo isso dando o play no vídeo abaixo.

Confira:

PRODUÇÃO DE MOTOS ATINGE MELHOR RESULTADO DO ANO EM SETEMBRO

Abraciclo, no entanto, revisa projeção e números devem ficar abaixo de um milhão de unidades em 2020

O mês de setembro foi positivo para a produção de motos no Brasil. Segundo os números divulgados pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo) foram produzidas 105.046 unidades no Polo Industrial de Manaus, alta de 6,8 % em comparação com agosto, quando o total foi de 98.358 unidades.

Em relação a setembro de 2019, a alta é de 13,1%. Além disso, o nono mês do ano representa o melhor resultado de 2020 até o momento, superando o número de março, quando foram produzidas 102.865 unidades.

“A produção de motocicletas foi fortemente impactada no período mais crítico da pandemia, e os números comprovam isso. No entanto, desde a retomada gradual das atividades, as fábricas registram curva ascendente. Este quadro se confirmou em setembro, quando alcançamos o melhor resultado do ano”, disse Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo.

No acumulado de janeiro a setembro, porém, o cenário segue negativo: a produção chegou a 693.541 unidades, 17,1% a menos do que no mesmo período de 2019, quando o total chegou a 836.450 unidades.

Neste cenário, a Abraciclo revisou a projeção para 2020, estimando que a produção de motos no Brasil vai alcançar 937 mil unidades em 2020. O novo número representa uma queda de 15,4% em relação ao total de 2019, que ficou em 1.107.758 unidades. A previsão apresentada em janeiro era de 1.175.000 unidades. O principal fator para a queda, como era de se esperar, é a pandemia da covid-19, que fez com que as fábricas colocassem as respectivas operações em pausa.

NOVA GERAÇÃO DA BMW G 310 R É APRESENTADA OFICIALMENTE

Roadster, assim como a G 310 GS, ganhou iluminação full LED e acelerador eletrônico

Nesta quinta-feira (8), a BMW Motorrad apresentou a nova geração da G 310 R na Índia. A nova geração da roadster aparece dias depois da revelação da nova G 310 GS e as atualizações seguem a mesma linha do que se viu na nova aventureira de entrada da marca alemã.

A começar pelo motor, que é o mesmo monocilíndrico de 313 cm³ atualizado para as normas BS6 de emissões de poluentes, com 34 cv de potência máxima a 9.250 giros e torque máximo de 2,9 kgf.m a 7.500 rotações por minuto.

A Roadster também ganhou novo visual, com novos grafismos e novas carenagens. As principais novidades do modelo, como era de se esperar, são as mesmas vistas na nova G 310 GS: iluminação full LED e acelerador eletrônico, além dos manetes de freio e embreagem ajustáveis em quatro níveis.

A BMW G 310 R será disponibilizada em três opcões de cor: Cosmic Black (preto com detalhes em branco), Polar White (branco com detalhes em azul) e Style Sport (grafite, branco e vermelho).

Com o lançamento da G 310 R, a BMW divulgou os preços das novas G 310 na Índia. A G 310 R custa o equivalente a R$ 18.730, enquanto a G 310 GS tem preço estimado em cerca de R$ 21.780.

Ainda não se sabe quando as novas G 310 R e G 310 GS desembarcam no Brasil.

BMW OFERECE TAXA ZERO PARA LINHA G 310 EM OUTUBRO

Fabricante oferece ainda três primeiras revisões e emplacamento gratuitos

A BMW Motorrad Brasil anunciou condições especiais para interessados em adquirir uma moto zero quilômetro da marca no mês de outubro. Os destaques principais são a G 310 R e a G 310 GS.

No financiamento por meio da BMW Serviços Financeiros, a entrada é de R$ 11.800, mais 24 parcelas mensais de R$ 721,12 para a G 310 R ou 24 parcelas mensais de R$ 771,12 para a G 310 GS.

Além disso, a fabricante informou que a F 750 GS Premium e a F 850 GS Premium mantém os preços de setembro até o final deste mês - R$ 54.750 e R$ 59.750, respectivamente, na compra à vista.

No Plano BMW Select, modalidade em que a fabricante inclui a garantia de recompra da moto do cliente pela concessionária e permite a inclusão de acessórios e equipamentos de pilotagem originais da marca, a taxa é de para 0,69% a.m para todo o portfólio.

Se a pessoa interessada optar pelo Plano BMW Select para adquirir a F 750 GS, por exemplo, isso pode ser feito com 40% de entrada e saldo de até 24 meses.

Por fim, independentemente da forma escolhida para a aquisição, a BMW Motorrad Brasil oferece as três primeiras revisões e emplacamento de forma gratuita, além da garantia e Service Card - a assistência 24 horas da marca, válida no Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai e Chile - por três anos.

HONDA ABRE PRÉ-VENDA DA LINHA CRF 2021 NO BRASIL

Novas CRF 450R, CRF 250R e CRF 250RX já podem ser reservadas

A Honda iniciou nesta terça-feira (15) a pré-venda da linha 2021 da família CRF, com as novas CRF 450R, CRF 250R e CRF 250RX. A CRF 450R, segundo a fabricante, foi totalmente renovada e aproveitou conhecimentos adquiridos com a CRF 450RW, moto utilizada pela equipe oficial da Honda no Mundial de Motocross e campeã na categoria MX1 com Tim Gajser em 2019.

Chassi e balança, por exemplo, são completamente novas. O quadro possui nova geometria e as suspensões passaram por mudanças no ajuste que, segundo a Honda, melhoraram o desempenho em curvas.

O motor também foi submetido a alterações e conta com sistema de admissão e exaustão atualizados para, de acordo com a fabricante, entregar mais potência e ao mesmo tempo suavizar a entrega em baixas e médias rotações. O silenciador agora é único, diferente do que se via na vers˜åo anterior, que contava com um modelo duplo.

Outras alterações de destaque são a introdução da embreagem hidráulica e as novas partes plásticas e banco mais compactos - o que, segundo a Honda, proporciona maior liberdade de movimentos. A CRF 450R conta com controle de tração e de largada na parte de eletrônica - os controles foram atualizados, sendo concentrados no punho esquerdo.

CRF 250R e CRF 250RX
Tanto a CRF 250R, voltada para o motocross, quanto a CRF 250RX, voltada para o rally cross-country, utilizam o mesmo motor de 249,9 cm³. Os modelos contam com o sistema EMSB (Engine Mode Select Button), no qual o piloto pode escolher entre três mapas de motor, e com controle de largada.

Uma diferença significativa entre os dois modelos e o aro da roda traseira: na CRF 250R, a roda traseira é aro 19, enquanto na CRF 250RX a roda traseira é de aro 18.

A pré-venda dos três modelos já foi iniciada, mas a chegada dos modelos às concessionárias da rede Honda Dream acontece em novembro. A CRF 450R tem preço sugerido de R$ 53.590,00, a CRF 250RX custa R$ 50.590 e a CRF 250R sai por R$ 48.690.

Listando: 5 de 1237

Anuncie

Sobre o Portal da General Osório

O Portal da General Osório foi lançado em 01 de janeiro de 2002, tendo como objetivo principal a divulgação de empresas e produtos comercializados na região da rua General Osório (boca das motos) no centro da cidade de São Paulo, focando-se principalmente em produtos voltados para a área de Motociclismo.